segunda-feira, 6 de junho de 2011

Bexiga Hiperativa X Incontinência Urinária

BEXIGA HIPERATIVA

Bexiga hiperativa é uma alteração funcional da bexiga, caracterizada por alguns sintomas como: urinar mais de 8 vezes por dia, urgência urinária ( desejo forte e imediato urinar, o que tem que ser feito imediatamente) e urge-incontinência (a pessoa sente urgência e caso não urine rapidamente, pode perder urina na roupa).


O que ocorre com o organismo na bexiga hiperativa?

Enquanto a bexiga enche, ela deve ficar relaxada, só contraindo na hora de urinar, mas nas pessoas com bexiga hiperativa, o músculo  da bexiga faz contrações fora de hora, durante o enchimento. Essas contrações aumentam a pressão dentro da bexiga e isso leva a uma sensação de urgência. Dependendo do grau dessa pressão, pode ocorrer perda de urina.

  
Tratamento :

O tratamento pode ser medicamentoso, mas medidas comportamentais e técnicas terapêuticas específicas também trazem bons resultados.



Medidas comportamentais:

1)    Controle da dieta - Eliminar ou reduzir a ingestão de alimentos ou de bebidas irritam a bexiga, como:   Chá, café e bebidas com cafeína em geral, álcool, cítricos (bebidas e frutas), tomate e produtos a base de tomate, alimentos muito condimentados ou ácidos e adoçantes artificiais.

2)    Manter a regularidade do funcionamento do intestino-O intestino preso pode aumentar a pressão sobre sua bexiga, gerando efeitos negativos na função urinária.
3)    Manter um peso corporal adequado: sobrepeso ou obesidade provocam aumento da pressão sobre a bexiga, o que contribui para adquirir problemas urinários

O tratamento pode ser medicamentoso, mas medidas comportamentais e técnicas terapêuticas específicas também trazem bons resultados.



INCONTINÊNCIA URINÁRIA 

É a perda involuntaria de urina, que  atua de forma devastadora na qualidade de vida da paciente e pode ser adequadamente tratatadas.

A perda de urina pode ocorrer de forma transitória, geralmente associada ao uso de medicamentos, a infecções de urina e vaginal, a constipação ou problemas de deficiência hormonal, desaparecendo após o tratamento da causa ; ou pode ser persistente ou definitiva com instalação e piora progressiva.

Muitas mulheres tornam-se incontinentes após o parto, histerectomia (cirurgia para retirada do útero) ou mesmo outros traumas na região pélvica. 

Entre os tipos mais comuns de perda de urina existe a incontinência urinária de esforço ou estresse: a perda de urina ocorre quando há um aumento repentino da pressão intra-abdominal como tossir, espirrar, rir, pular, correr ou realizar algum esforço. 


O diagnóstico é clínico, baseado em uma história detalhada. Devemos investigar o inicio dos sintomas, descartando a presença de infecção urinária, cálculos, tumores, doenças associadas como Diabetes, Neuropatias e uso de medicamentos. Durante o exame físico pede-se para a paciente tossir, tentando reproduzir a perda urinária. Também pode ser realizado exame específico como o Teste Urodinâmico que detrmina alterações da bexiga e da uretra, exame de análise da urina deve ser realizado também..


O tratamento vai depender do tipo e das causas da incontinência urinária.
Inclui medidas gerais identificando as possíveis causas da perda de urina, tais como: perda de peso, parar de fumar para diminuir a tosse crônica,tratar a constipação
 
  • Tratamento medicamentoso: há uma grande variedade de remédios para tratar remédiosparatratar os sintomas da incontinência urinária, mas infelizmente muitos delesainda apresentam efeitos colaterais que são pouco tolerados pelos pacientes. O importante é haver um rigoroso acompanhamento médico, para que o paciente sinta-se o melhor possível dentro das possibilidades de tratamentos.
  • Tratamento cirúrgico: quando o tratamento conservador não for indicado, ou mesmo quando não surtir os efeitos desejados existem muitas técnicas cirúrgicas indicadas para tratar a incontinência urinária. É importante procurar um profissional habilitado que fornecerá as melhores soluções para seu problema, sejam elas conservadoras ou mesmo cirúrgicas.
  • Se você perde urina não perca tempo, procure um médico habilitado, existem muitas formas de tratamento que podem ajudá-la a melhorar muito sua qualidade de vida!















Escrito por Drª Magda Paradela
Fonte : Varios textos incluindo Dr Dráuzio Varela






 







.















Um comentário:

  1. por favor me ajude, preciso fazer o teste urodinamico urgente!

    ResponderExcluir