sexta-feira, 24 de março de 2017

TDPM Transtorno Disfórico Pré-Menstrual

                                                        TDPM 


Transtorno Disfórico Pré-Menstrual, é uma variante da Tensão Pré-Menstrual, mais intensa e severa, com a oscilação do humor com manifestação mais perturbadora, podendo prejudicar sua vida pessoal e profissional. 

Atinge de 3 a 11% das mulheres em idade reprodutiva, geralmente entre 25 e 35 anos, e se caracteriza pela recorrência cíclica, durante a fase pré-menstrual, de sintomas somáticos (corporais), comportamentais e de humor, sendo ansiedade, mudanças bruscas e frequentes no humor, sintomas depressivos, tensão, irritabilidade, ira, distúrbios do apetite e do sono os mais frequentes. 

Estão relacionados diretamente às fases do ciclo pré-menstrual e podem durar, tipicamente, de cinco a quinze dias. 

 Em geral, pioram com a proximidade da menstruação e cessam de forma imediata ou logo a seguir ao início do fluxo menstrual. 

As causas podem envolvem diversos mecanismos biológicos (hormônios e neurotransmissores), genéticos e ambientais.

As relacionadas com as alterações da transmissão de neurotransmissores, substâncias que permitem a comunicação entre as várias regiões do sistema nervoso. Dentre estes neurotransmissores a serotonina assume importância de destaque. Os agentes que inibem a recaptação da serotonina são eficazes para a melhora dos sintomas do TDPM.

Tratamento:
Os métodos mais comuns de tratamento são os contraceptivos orais, analgésicos, aconselhamento dietético, psicoterapia, vitaminas, sais minerais, antidepressivos e/ou ansiolíticos. 
#saudedamulher #saude #mulher #tdpm #saudedafamilia

Texto: Dra Magda Paradela 

Fonte: Material Pfaizer 

2 comentários: